Amizade

Honra

Dedicação

Alegria

Todas as notícias relevantes para a comunidade escolar estão aqui!

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

O Colégio Militar Tiradentes, com grande orgulho, informa a todos que, em sua primeira participação na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – 20ª edição –, por meio de seus honrados alunos, obteve excelentes resultados. Após muitas horas de dedicação aos estudos relacionados a Ciências, Física e Geografia, participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica um total de 47 alunos (voluntários), sendo uma parte do Ensino Fundamental e outra do Ensino Médio, além dos professores (Taiz - Ciências; Alexandre - Física; Danielle - Geografia) que acompanharam os alunos durante todo o processo, promovendo divulgação, grupos de estudos e oficinas de conhecimentos voltados tanto para a prova quanto para a Mostra Brasileira de Foguetes.

Após a realização da prova e do lançamento de foguetes, um total de cinco alunos obtiveram medalhas, diante do excelente resultado alcançado, estão:

Raíssa Rebeca Albuquerque Cavalcante (9º ano) - Medalha: Ouro;

Pedro Gabriel Rodrigues Gomes (9º ano) - Medalha: Prata;

Nicole Fernandes Pontes (8º ano) - Medalha: Prata;

Antônio Yoshi Távora Pacheco (7º ano) - Medalha: Prata;

Roberto Santos Leite (8º ano) - Medalha: Bronze

Assim, o Colégio Militar Tiradentes, por meio da Divisão de Ensino, destaca a excelência do ensino e dedicação dos seus docentes e discentes envolvidos no processo de ensino e aprendizagem, que fazem desta instituição um exemplo para as demais no âmbito local e nacional. Vale lembrar que, no decorrer dos estudos, a professora Danielle, juntamente com o professor Alexandre, contaram com a colaboração do grupo Projeto Telescópio nas Escolas, para realizar o Observatório CMT, que contou com a presença massiva dos alunos e comunidade como um todo, onde puderam fazer a observação noturna de alguns corpos celestes, colocando em prática parte do conhecimento adquirido.

Por fim, ressaltamos que a participação dos alunos nas variadas olímpiadas do conhecimento – Química, Matemática, Astronomia etc. – possibilita aos alunos uma produção autônoma do conhecimento, bem como amplia os horizontes dos professores que os auxiliam nessa jornada. Paulo Freire, educador, pedagogo e filósofo brasileiro, já dizia: “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.”

 

Informativos

Próximos Eventos